Header Ads

test

"Criança de 11 anos morre após fazer novo desafio viral da internet"

Por: Kelven Junio

A busca constante por aprovação e popularidade nas redes sociais tomou um rumo trágico com a morte de Tommie-Lee Gracie Billington, de apenas 11 anos, vítima de um perigoso desafio viral conhecido como “chroming”. O incidente ocorreu durante uma festa do pijama na casa de um amigo no último sábado (2), onde Tommie-Lee sofreu uma parada cardíaca após inalar produtos químicos tóxicos, uma tendência alarmante que tem ganhado espaço entre os jovens.

O “chroming” consiste na inalação de substâncias químicas encontradas em produtos de limpeza, tintas, desodorantes e gasolina, visando provocar efeitos como alucinações e tontura. Contudo, os riscos são extremos, podendo levar à asfixia e, como no caso de Tommie-Lee, a uma fatal parada cardíaca.

Em meio ao luto, a família de Tommie-Lee tem se dedicado a uma campanha de conscientização, alertando sobre os perigos dos desafios virais populares em plataformas como o TikTok. Eles aconselham os pais a esconderem produtos químicos e a monitorarem o uso das redes sociais pelos filhos, numa tentativa de prevenir que outras famílias enfrentem a mesma tragédia.

“Não queremos que nenhuma outra criança siga o TikTok ou esteja nas redes sociais. Isso está quebrando a todos nós, mas queremos ajudar a salvar a vida de outras crianças e conscientizar as famílias para manter seus filhos seguros. Recebi muitas mensagens de pais me agradecendo”, declarou Tina.

Este trágico evento serve como um doloroso lembrete dos perigos escondidos nas tendências virais e da importância da supervisão parental nas atividades online das crianças. A comunidade, agora mais do que nunca, é chamada a se unir em prol da segurança e do bem-estar dos jovens, buscando formas de educá-los sobre os riscos associados ao mundo digital.

Nenhum comentário