Header Ads

test

Com projeção audaciosa, Daniel vive expectativa de oportunidade no time titular do Atlético-GO

[ad_1]
Daniel - Atacante - Atlético (Foto - Ingryd Oliveira)

[esi ads local="intext" ttl="3600" cache="public" ]

O desempenho defensivo do Atlético-GO recebeu ao longo do Campeonato Brasileiro da Série B, muitas críticas. No início da competição, a parte ofensiva estava fazendo sua parte. Porém nessa sequência ruim do Dragão, com seis jogos sem vitória, foram apenas dois gols marcados. Com isso os atacantes também começaram a serem questionados.

Luiz Fernando, que foi o melhor jogador do Atlético Clube Goianiense na conquista do Campeonato Goiano e camisa 9, Gustavo Coutinho, atravessam uma fase ruim. Seria um momento para uma mudança?

O jovem Daniel, 18 anos, é uma das opções de Alberto Valentim para o ataque. Ele ainda não foi titular no Brasileirão e aguarda com ansiedade essa possibilidade. “Tenho sempre essa expectativa na minha mente de começar jogando. É claro que vou estar pronto se isso acontecer, como também estou pronto nos jogos que estou entrando”.

Revelado pelo Vila Nova e contratado pelo Atlético-GO, ainda na categoria de base, Daniel diz que as oportunidades aconteceram de forma bem rápida em sua carreira. Com a camisa do Dragão foram 16 jogos e cinco gols.

“Sempre me imaginei ajudando a equipe. Depois de um ano que cheguei, já fiz minha estreia no profissional e no mesmo ano já fui para um jogo contra o Flamengo no Brasileiro da Série A. Tudo sempre aconteceu muito rápido. Já pude fazer meus primeiros gols no time de cima, marquei na Série B contra o Botafogo-SP e quero fazer mais para dar alegria aos torcedores”.

Referência

Daniel cita o companheiro Luiz Fernando como um espelho dentro do elenco do Atlético-GO. “Sou amigo dele em campo e fora. Sei do apelido dele de talismã, porque com poucos anos de idade, ele já foi importante para o clube. Me inspiro nele e quero ser artilheiro como ele”.

Daniel – Atacante – Atlético (Foto – Ingryd Oliveira)

Projeção

Espero fazer muito gols. O máximo possível esse ano. Dez, quinze, vinte, o que for possível. Sou centroavante e sou um cara bastante exigente comigo. Espero entrar bem em todos os jogos e fazer muitos gols.


Leia mais sobre: Atlético Clube Goianiense / Campeonato Brasileiro / Atlético Goianiense / Esportes

[ad_2] Source link https://misturabrasil.evpc.com.br/2023/06/16/com-projecao-audaciosa-daniel-vive-expectativa-de-oportunidade-no-time-titular-do-atletico-go/?feed_id=12207&_unique_id=649c2de560025

Nenhum comentário