Header Ads

test

Itamaraty confirma morte de brasileiro na guerra da Ucrânia

Itamaraty confirma morte de brasileiro na guerra da Ucrânia

Itamaraty confirma morte de brasileiro na guerra da Ucrânia






o ministério das relações exteriores

confirmou a morte do primeiro brasileiro

na guerra da Ucrânia André rar de

anos era natural do Rio Grande do Sul

segundo a família ele não dava notícias

de Jequié a cidade onde ele estava foi

atacada por soldados Russos no último

fim de semana André era formado em

enfermagem e sempre foi apaixonado por

assuntos relacionados a guerras ele se

alistou nas legião estrangeira um grupo

militar que envia



combatentes para

diferentes partes do mundo já participou

de combates na Costa do Marfim em

já esse ano quatro dias depois de

começar a guerra na Ucrânia ele se

prontificou a lutar pelo país



análises Profundas sobre política e

economia e interatividade com o

telespectador informações essenciais com

agilidade e dinamismo essa edição do

aranews está começando diferentes pontos

de vista com os olhar agora por outr

o

ponto

depois as crianças que são

destaques pelo país e o mundo obrigada

pela audiência as novidades E os

bastidores O entretenimento grandes

reportagens de diversos temas com

profundidade outra ver agora uma cena

curiosa

documentário jornalístico C matérias

especiais informações universo geek da

cultura pop natureza Aventura turismo e

curiosidades está começando o aldenilson

as novidades do agronegócio que doença

ainda

turismo agrícola e o

Record News

Rural Está no Ar conteúdo interativo do

Mundo Animal Record News informação

relevantes e qualidade horas por dia

e






Itamaraty confirma morte de brasileiro na guerra da Ucrânia



O Ministério das Relações Exteriores confirmou a morte do primeiro brasileiro na guerra da Ucrânia. André Hack, de 33 anos, era natural do Rio Grande do Sul. Segundo a família do gaúcho, ele não dava notícias desde que a cidade onde ele estava foi atacada.

Inscreva-se no nosso canal:
youtube.com/c/recordnews

Siga a Record News no TikTok: @recordnews
MOSTRAR MAIS



Nenhum comentário