- Publicidade -
- Publicidade -
Home News Famosos Por que Mia Khalifa foi parar no olho do furacão da CPI...

Por que Mia Khalifa foi parar no olho do furacão da CPI da Covid?

- Advertisement -


Quem é que poderia imaginar Mia Khalifa, uma libanesa que acabou conhecida por ter feito filmes pornôs, virando assunto nas redes sociais por conta da política brasileira? Nem a imaginação mais fértil teria bolado uma narrativa assim, mas ela existe.

Longe de ser fanfic, toda essa situação começou quando, em maio, o senador Luis Carlos Heinze (Progressistas-RS), fez uma declaração durante a Comissão Parlamentar, por conta de um meme/uma fake news de tempos atrás. 

Embora não tenha dito o nome de Mia, Heinze ficou espantado ao falar de tal “notícia” e contar que uma “atriz pornô” estava envolvida.

Veja +: Mia Khalifa? Que nada! Ex-BBB é citado na CPI da Covid

No caso, o parlamentar relembrou uma história revelada em junho de 2020 pelo jornal inglês The Guardian, quando a empresa Surgisphere – que conduziu um teste publicado na revista científica “The Lancet”, condenando o uso da cloroquina contra a Covid-19 – descobriu depois que entre os funcionários constavam uma atriz pornô e um escritor de ficção científica.

“Pesquisadores começaram a investigar e descobriram que a gerente de vendas da Surgisphere era, pasmem, Sras. Deputadas que estão aqui, Srs. Senadores, a gerente de vendas da Surgisphere era uma atriz pornô. Uma atriz pornô. Nada contra ela”, disse Heinze.

Isso fez com que os internautas resgatassem o tal meme com a foto de Mia Khalifa, que atribui a ela um estudo da cloroquina como tratamento para a Covid-19 sob o nome de “Drª Marcela Pereira”, uma suposta “infectologista do Instituto Emílio Ribas”. O meme circulou no início da pandemia e foi desmentido por agências de checagem.

Mia chegou a se manifestar depois de tanta repercussão do caso.

Eu não sei quem precisa ouvir isso (Brasil). Mas eu não sou uma médica, então não aceite conselhos médicos de memes falsos meus que você encontrou no WhatsApp.

DE NOVO

Em junho, Luis Carlos Heinze voltou a citar o caso de uma atriz pornô envolvida em uma pesquisa a respeito da suposta eficácia da cloroquina no tratamento da Covid-19, medicamento já estudado e que teve ineficácia comprovada, inclusive pelo Ministério da Saúde. Dessa vez, ele saiu em defesa própria após a repercussão do primeiro depoimento.

“A pesquisa em Harvard, uma universidade respeitada, e essa pesquisa foi publicada na ‘The Lancet’ e houve a retratação. Quem pagou essa pesquisa, senador Omar Aziz? Foi um escritório de uma moça, nem citei o nome dela e já saiu que eu tinha citado o nome de uma atriz pornô. Eu citei o nome de uma atriz. Só falei que era uma empresa de uma atriz pornô. Como essa moça tem interesse em fazer essa pesquisa de hidroxicloroquina?”

EMBARCANDO NA ZOEIRA

Os burburinhos nas redes sociais, principalmente no Twitter, cresceram, cresceram até que o nome de Mia Khalifa fosse parar no famoso trending topics todas as vezes que algo da CPI a envolvesse. Com os internautas adotando as falas de Heinze como se fosse realmente Mia, até mesmo Randolfe Rodrigues (Rede-AP), vice-presidente da Comissão, falou o nome dela durante uma das sessões.

Bom, ela ficou sabendo de toda essa movimentação e surfou na onda. A mais recente interação aconteceu na segunda-feira, 19 de julho, respondendo a uma mensagem irônica de Randolfe.

“Em vez de negociar com o Butantan, Pazuello foi negociar a Coronavac com uma empresa de importação de produtos eróticos? Corre aqui @miakhalifa. Acho que estavam te usando de cortina de fumaça!”, escreveu Randolfe, citando Eduardo Pazuello, ex-Ministro da Saúde do Brasil.

“Vocês estão em crise. Estou a caminho”, respondeu Mia, compartilhando o tweet de Rodrigues. Em tréplica, o senador disse: “Estamos esperando por você”, completando a frase com um emoji de risada.

Entretanto, quando a situação com Heize explodiu, a modelo decidiu deixar tudo claro, bem humorada.

“Se você já sentiu pra baixo consigo mesmo, apenas lembre que, ao menos, você não é um senador brasileiro que colocou ‘Mia Khalifa’ nos ‘assuntos do momento’ no tema ‘política’.”

Mais adiante, Mia compartilhou uma montagem feita com uma foto dela prestando depoimento na CPI ao lado do senador Omar Aziz (PSD-AM). “Uma mulher do povo”, brincou.

Veja +: Brasil também tem uma representante em uma CPI. Veja!

QUEM É MIA KHALIFA?

Nascida na capital do Líbano, Beirute, Mia Khalifa vive nos Estados Unidos desde 2000. Entre 2014 e 2015, a jovem criada por uma família católica e graduada no curso de Artes pela Universidade do Texas na cidade de El Paso, trabalhava como garçonete e recebeu a proposta de uma homem para ser modelo. Isso a deixou animada, como rememorou em entrevista à BBC.

A decisão trouxe consequências irreversíveis. Aos 21 anos, ela ingressou indústria de filmes pornô – e, em poucos meses, se tornou o nome mais pesquisado em sites de compartilhamento online de vídeos adultos.

Achei que pudesse fazer do pornô o meu segredinho sacana, mas o tiro saiu pela culatra.

A fama mundial veio quando ela apareceu em vídeo pornográfico usando um hijabvéu utilizado por mulheres muçulmanas para cobrir a cabeça. A cena causou furor, e Mia chegou a receber ameaças do grupo extremista Estado Islâmico (EI).

Atualmente, Mia Khalifa é uma influenciadora digital com quase 25 milhões de seguidores no Instagram, e que vive de campanhas publicitárias e posts patrocinados. ELa também é casada com o chef de cozinha Robert Sandberg.

Além disso, ela se considera uma ex-atriz pornô arrependida, e ressalta que foi vítima da intimidação de produtores. “Quando saio na rua, sinto como se as pessoas pudessem ver através da minha roupa e me sinto profundamente envergonhada. Tenho a sensação de que perdi direito a toda a minha privacidade. E perdi, porque estou a um clique de distância no Google”, contou.






Source link

- Advertisement -
- Advertisement -

Stay Connected

16,985FansLike
2,458FollowersFollow
61,453SubscribersSubscribe

Must Read

- Advertisement -

Related News

- Advertisement -

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here