- Publicidade -
- Publicidade -
Home News Famosos Flávia Alessandra revela como se sentia após gravar cenas de agressão

Flávia Alessandra revela como se sentia após gravar cenas de agressão

- Advertisement -


Durante o programa “Altas Horas”, do último sábado, 17 de julho, Flávia Alessandra comentou um pouco mais sobre seu papel na novela ‘Salve-se Quem Puder’, da Rede Globo e, mesmo nunca tendo vivido nenhum tipo de violência doméstica, contou que pode imaginar o que aquilo significava ao interpretar Helena, personagem que sofria agressão física na trama. 

Veja+: Autor de ‘Salve-se Quem Puder’ comenta sobre dificuldades para seguir com as gravações

“Minha personagem nos últimos capítulos passou por isso, e eu acho que é um tema que a gente tem sempre que trazer à tona: a violência contra a mulher. A gente não pode aceitar. Não existe justificativa nem desculpa”, começou dizendo a atriz, usando sua personagem para abordar o tema tão importante e que está sendo bastante discutido atualmente devido às denúncias de violência contra DJ Ivis, que em vídeos apareceu batendo em sua ex-mulher, Pamella Holanda.

“A vítima é a mulher. Se você souber, denuncie! Vamos apoiar umas as outras. Vamos dar um basta. Em briga de marido e mulher a gente deve se meter, sim, para salvar a mulher”, continuou Flávia. 

A personagem da artista, Helena, era agredida pelo marido, Hugo (Leopoldo Pacheco), e a famosa contou como chegava em casa após gravar as cenas de violência.

Veja+: Juliana Paiva e Murilo Rosa vivem reencontro de pai e filha em ‘Salve-se Quem Puder’

“Depois das sequências finais que eu fiz de agressão, eu chegava em casa tão dilacerada. Deve ser devastador uma mulher passar por isso. Deve ser muito difícil ela conseguir, de fato, reagir. E nos tempos de pandemia, o que tem se visto é o aumento da agressão, porém não da solução, porque a mulher está sendo obrigada a estar coagida com seu agressor dentro do mesmo lugar. “Então, quando você tem a constatação de que aquilo está acontecendo, se meta sim. A gente não pode achar normal. Não existe justificativa para essa monstruosidade”, completou global.

REPERCUSSÃO DO FINAL DA NOVELA

Na sexta-feira, 16 de julho, a novela “Salve-se Quem Puder”, da TV Globo, chegou ao fim. A trama de Daniel Ortiz divertiu, sofreu uma pausa e se reergueu para levar ao público os aguardados desfechos do querido trio formado por Alexia (Deborah Secco), Kyra (Vitória Strada) e Luna (Juliana Paiva).

Claro que não dá pra começar a falar sem lembrar da imensa dúvida pairando na mente e no coração de Kyra. Dividida entre Alan (Thiago Fragoso) e Rafael (Bruno Ferrari), ela fez a alegria dos fãs de “Kyrael” ao escolher o seu grande amor.

Por sua vez, Alan, que estava completamente apaixonado pela maluquinha, deu chance ao amor ao lado de Júlia (Sophia Abrahão), apesar da sensação de “prêmio de consolação” para o galã.

Bom, dessa vez os internautas não ficaram muito alegres, já que uma parcela esperava Alan e Kyra juntos, e outra parte não sentiu química entre os advogados. Mas agora já foi!

Enquanto isso, o outro problema amoroso envolvendo Luna, Téo (Felipe Simas) e Alejandro (Rodrigo Simas) terminou com “Lutéo”! A jovem, bem menos atrapalhada que a amiga Kyra, estava ponderando até que decidiu correr atrás do rapaz por quem seu coração bateu mais forte desde o momento de sua chegada à Empório.

Os dois a esperavam no avião, cada um torcendo para si mesmo. Entretanto, a viagem aceita pela protagonista foi aquela ao lado de Téo, não teve jeito. Sendo assim, Alejandro terminou a trama com Bel (Dandara Mariana).

E Alexia Máximo? Ela não poderia ser esquecida, não é mesmo?! Nem terminar de uma forma básica. Rolou casamento, sim, e com o seu caipira preferido. Ela subiu ao altar para dizer o famoso “sim” para Zezinho (João Baldasserini) e contou com o apoio de suas inseparáveis parceiras, outra cena com muita emoção.

IMPREVISTOS DURANTE AS GRAVAÇÕES DEVIDO A PANDEMIA

A história criada e escrita por Daniel Ortiz e com direção artística de Fred Mayrink saiu do ar após a exibição de 54 capítulos, no dia 28 de março de 2020. A retomada das gravações nos Estúdios Globo aconteceu somente cinco meses depois, em agosto. 

Para que a história continuasse, foram tomados rigorosos esquemas de segurança, testagens semanais no elenco e em toda a equipe, uso obrigatório de equipamentos de EPIs, restrições em áreas de circulação e camarins individuais para o elenco. 

Houve também a utilização de alguns recursos em cena, que também ajudaram a garantir o distanciamento social, como uma placa de acrílico entre os atores, retirada de cena com edição.

Em dezembro, os trabalhos foram finalizados e a novela voltou ao ar em 22 de março deste ano com a reprise desde o primeiro capítulo. Dois meses depois, a estreia da fase final de “Salve-se Quem Puder’” continuou com o mesmo gancho de onde parou: a perseguição da vilã Dominique (Guilhermina Guinle) a Luna, uma das testemunhas do assassinato do juiz Vitório (Aílton Graça), em Cancún. 

Assim, o público teve a oportunidade de acompanhar os capítulos da única novela inédita no ar na TV Globo.



Source link

- Advertisement -
- Advertisement -

Stay Connected

16,985FansLike
2,458FollowersFollow
61,453SubscribersSubscribe

Must Read

- Advertisement -

Related News

- Advertisement -

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here